Grupo de torcedores do Cruzeiro se manifesta contra racismo no Ginásio do Riacho

Grupo de torcedores empunhava faixa com os dizeres ‘racismo não’ (Foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)

O terceiro jogo da série melhor de cinco pelas semifinais da Superliga Masculina de Vôlei, entre Cruzeiro e Taubaté, no Ginásio do Riacho, na noite deste sábado, em Contagem, foi palco de manifestação antirracista. Um grupo de torcedores empunhava faixa com os dizeres “racismo não”.

Segundo uma das integrantes da torcida organizada Vôlei Cruzeiro, a promotora de vendas Lorraine Paixão Braga, de 29 anos, a manifestação foi uma resposta ao fato de uma torcedora do próprio time celeste ter hostilizado os jogadores negros do Taubaté no primeiro duelo desta fase da competição.

“Ela os chamava de ‘macaco’. Xingava cada um que ia sacar. Não concordamos com isso. Pedimos que ela não viesse mais com esse intuito e estamos aqui nesta noite mostrando a nossa insatisfação”, explicou.

Acesse e leia nossos “Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol” 201420152016, e 2017 com os casos de preconceito e discriminação no esporte brasileiro aqui

Fonte: SuperEsportes

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *