Após áudio racista vazar, conselheiro Adilson Durante renuncia ao cargo

Foto: Reprodução/Twitter

Em nota oficial divulgada nas redes sociais, o Santos anunciou neste sábado a renúncia do conselheiro do clube Adilson Durante Filho dois dias após o vazamento de um áudio com afirmações racistas.

No áudio, o agora ex-conselheiro disse:

“Sempre que tiver um pardo, o pardo o que que é, não é aquele negão, também não é o branquinho. É o moreninho, da cor dele. Desses caras, tem que desconfiar de todos. Todos que tu conhecer. Essa cor é uma mistura de uma raça que não tem caráter…

… É verdade, isso é estudo. Todo pardo, todo mulato, tu tem que tomar cuidado. Não mulato tipo o Pedro, o Pedro é tipo índio, tipo chileno, essas porras. Estou dizendo mulato brasileiro, entendeu, dos pardos brasileiros. São todos mau caráter. Não tem um que não seja.”

Acesse e leia nossos “Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol” 201420152016, e 2017 com os casos de preconceito e discriminação no esporte brasileiro aqui

Fonte: ESPN

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *