UEFA pune Partizan por conta de racismo e desordem dos seus torcedores

Partizan Belgrado (foto reprodução)

Partizan Belgrado (foto reprodução)

O Partizan de Belgrado, campeão de futebol da Sérvia, vai jogar os dois próximos desafios europeus em casa com portões fechados, a punição imposta pela UEFA é devido a atos de racismo e tumultos provocados por seus torcedores.

A UEFA puniu o Partizan devido a várias ofensas, destacando-se comportamentos racistas, uso de material pirotécnico e invasão de campo nos jogos das pré-eliminatórias da Liga dos Campeões com os montenegrinos do Buducnost e dos gregos do Olympiacos.

Além dos dois jogos de punição, o clube tem um desafio adicional de pena suspensa durante três anos e uma multa de 130.000 euros.

O Partizan eliminou o Buducnost após os jogos de ida e volta, mas depois foi eliminado pelo Olympiacos, assim sendo a equipe vai disputar a Liga Europa.

O primeiro jogo de punição será cumprido no ‘play-off’ da Liga Europa, em 17 de agosto contra aos húngaros do Videoton.

Acesse e leia nossos “Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol” 2014 e 2015, com os casos de preconceito e discriminação no esporte brasileiro aqui

Fonte: SapoDesporto

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *