Primeira mulher a narrar NFL em rede nacional, jornalista é alvo de ofensas machistas

reprodução

A jornalista Beth Mowins entrou para a história ao se tornar a primeira mulher a narrar uma partida da NFL em rede nacional, nesta segunda-feira, mas a repercussão também teve um capítulo lamentável: a narradora foi alvo de comentários machistas nas redes sociais. Ela mesmo usou a ferramenta para compartilhar as postagens com as ofensas após a partida entre Denver Broncos e Los Angeles Changers, pela primeira rodada da temporada regular da liga de futebol americano.

Bastante comentada, a estreia de Beth Mowins no horário nobre da transmissão causou expectativa no país e repercutiu na internet. Alguns usuários, no entanto, usaram a rede para criticar a jornalista e o fato de uma mulher estar na função de narradora.

Beth Mowins usou própria rede para compartilhar mensagens que repercutiram durante sua estreia como narradora na transmissão da liga de futebol americano

Postagens sobre Beth Mowins (Foto: Reprodução SporTV)

Entre as postagens, frases como “Não sou machista, mas não me empolgo em ver uma mulher narrar futebol americano”, “Nada pessoal, mas homens assistem esporte para não ter de ouvir esposas ou namoradas”, “ter uma mulher narrando acabou com minha noite, é horrível ouvir uma mulher narrando futebol americano”.

Antes mesmo da transmissão, Beth previa que comentários preconceituosos e possíveis críticas. Em entrevista à Sports Illustrated, a jornalista comentou o assunto:

– Vou encorajá-los a tentar assistir até o final e, se até esse momento, eles não gostarem do que fizermos, então isso é um problema deles, não meu. Eu não vou mudar nada do que eu faço para fazer as pessoas gostarem de mim – disse.

 

Acesse e leia nossos “Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol” 2014 e 2015, com os casos de preconceito e discriminação no esporte brasileiro aqui

Fonte: SporTv

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *