Fifa faz acordo com Conselho da Europa para promover direitos humanos

foto reprodução

A poucos meses da Copa do Mundo da Rússia, país criticado nos últimos meses por conta de casos de homofobia e racismo, a Fifa anunciou nesta quarta-feira um acordo com o Conselho da Europa para promover os direitos humanos no esporte. A meta também é estimular a boa governança, a luta contra o doping e contra a violência.

O acordo foi assinado em Estrasburgo, sede da entidade europeia, pelo secretário geral, Thorbjorn Jagland, e o presidente da Fifa, Gianni Infantino. Juntos, eles decidiram trabalhar para a assinatura também de um “Memorando de Compreensão” entre as duas entidades.

O memorando vai detalhar as áreas de cooperação entre Fifa e Conselho da Europa. A meta é ter o documento pronto para a assinatura até o fim do ano, que ficará marcado pela disputa da Copa da Rússia.

Nos últimos meses, o país-sede do futuro Mundial foi alvo de polêmicas pela divulgação de casos de racismo e homofobia. A Rússia é um dos 47 países-membros do Conselho da Europa, mais antiga entidade do continente ainda em funcionamento, fundada em 1949.

O Conselho tem por foco defender os direitos humanos, o desenvolvimento democrático e a estabilidade político-social no continente. Integram o Conselho da Europa a Convenção Europeia dos Direitos Humanos e o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos.

Acesse e leia nossos “Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol” 20142015 e 2016, com os casos de preconceito e discriminação no esporte brasileiro aqui

Fonte: IstoÉ

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *