Do grito homofóbico ao grito misógino?

Este fim de semana, uma torcedora foi expulsa do TSM Stadium depois de insultar a goleira do Chivas Guadalajara, quando acontecerá algo parecido na liga masculina?

Mais uma vez, o grito que os torcedores gritaram durante os tiros de meta realizados pelos goleiros rivais gerou controvérsia.

Nesta ocasião a polêmica se centrou no insulto que recebeu a goleira do Chivas Guadalajara, Blanca Félix, quem depois de realizar uma disputa foi agredida por um grupo de torcedores que gritaram “ehhhhhh puta”.

O fato surgiu durante a partida entre Santos Laguna e Chivas, correspondente a 5º rodada do clausura 2018.

No estádio, havia apenas 3.285 torcedores, o que foi relativamente fácil localizar a mulher responsável pelo grito que os usuários de redes sociais consideravam “misógino”.

Finalmente, e diante da queixa de dezenas de pessoas que estavam presentes no jogo, as autoridades do estádio expulsaram a torcedora da equipe lagunero que insultou repetidamente a goleira tapatía (Guadalajara).

Além disso, a Liga MX indicou que os jogos da liga feminina são um espetáculo onde predominam os valores saudáveis da competição, respeito e tolerância.

O fato cobra relevância já que nos jogos da Liga MX feminina não são permitidos esses tipos de gritos que, para muitos, são discriminatórios.

Um cenário totalmente oposto ao que se presencia na MX League, onde os torcedores continuam a gritar aos goleiros rivais “ehhhh puto”.

Mesmo o Tribunal de Arbitragem para o Desporto (TAS, por sua sigla em francês) chegou à conclusão de que o grito que geralmente é ouvido nos estádios de futebol do México não é usado para ofender ou discriminar uma pessoa específica, então isso não é considerado homofóbico.

O TAS considero que os gritos dos torcedores mexicanos nessas partidas são apenas uma “conduta imprópria”, além de que não geraram nenhum risco no estádio.

Acesse e leia nossos “Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol” 20142015 e 2016, com os casos de preconceito e discriminação no esporte brasileiro aqui.

Fonte: Reporte Indigo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *