Denúncia de racismo em Grenal é aceita pelo Juizado do Torcedor

foto reprodução

foto reprodução

O Juizado do Torcedor e Grandes Eventos de Porto Alegre aceitou denúncia do Ministério Público contra um torcedor do Grêmio por discriminação e preconceito de raça e cor. O caso ocorreu durante o último clássico Grenal, válido pelo campeonato gaúcho e disputado no início do mês passado na Arena. O acusado se dirigiu até o espaço destinado aos torcedores do Internacional, proferindo as palavras “macacos” e “macacada”. O momento em que ele realiza os xingamentos foi gravado e serve como prova do delito.

O Juiz-Titular do Juizado, Marco Aurélio Martins Xavier, determinou a realização de audiência de instrução para o dia 24 de maio. O magistrado explica que se condenado, o réu pode ter penas alternativas, e que o julgamento pode ocorrer no mesmo dia da audiência.

          Relembre o caso: “Gremista chama torcedores do Inter de macaco e gera revolta em cidade do RS”

Para o Marco Aurélio Martins Xavier casos como esse devem servir de exemplo para que torcedores entendam que não serão mais permitidos crimes praticados dentro dos estádios, sejam eles de racismo, homofobia ou qualquer outro. “Já foi-se o tipo que se admitia qualquer tipo de ofensa no ambiente do estádio”, completou Xavier.

O Juizado do Torcedor é responsável pelo atendimento de casos ocorridos dentro de estádios de futebol da capital gaúcha.

Acesse e leia nossos “Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol” 2014 e 2015, com os casos de preconceito e discriminação no esporte brasileiro aqui

Fonte: ClicCamaquã

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *