Conmebol pune Nacional-URU por torcedores que ironizaram acidente da Chape

Reprodução: TV

O Tribunal de Disciplina da Conmebol divulgou nesta segunda-feira (12) a punição ao Nacional-URU em virtude dos torcedores que ironizaram o acidente com a delegação da Chapecoense ao imitarem e fazerem gestos com a mão simulando um avião.

A equipe uruguaia vai ter que desembolsar 80 mil dólares, cerca de R$263,3 mil, e não vai poder comercializar ingressos nas três partidas que fizer fora de casa em competições continentais, seja pela Libertadores da América ou Sul-Americana.

Vale ressaltar que a decisão ainda cabe recurso em sete dias na Câmara de Apelações. O Nacional-URU não conseguiu escapar de uma punição nem mesmo ao se desculpar pelo comportamento de seus torcedores.

O episódio aconteceu no duelo de ida da segunda fase da Libertadores. Na Arena Condá, o time uruguaio venceu por 1×0. Dois membros da torcida da equipe visitante foram flagrados ironizando o acidente de novembro de 2016, que deixou 71 vítimas.

Identificados, os torcedores foram expulsos do quadro de sócios do Nacional-URU, conforme informou a própria agremiação, que recomendou que eles não compareçam mais em eventos esportivos no Uruguai.

Acesse e leia nossos “Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol” 20142015 e 2016, com os casos de preconceito e discriminação no esporte brasileiro aqui.

Fonte: Torcedores

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *