América sedia debate sobre Transexualidade no Esporte

Na noite da próxima segunda-feira, dia 17 de setembro, a Sede Administrativa do América receberá um debate sobre Transexualidade no Esporte. Promovido pelo Instituto Mineiro de Gestão, Marketing e Direito de Desportivo (IMDD) e apoiado pelo América, o evento terá um fórum de discussão sobre a inclusão e a participação de atletas transexuais nas competições de alto rendimento.

Serão debatidas questões sociais, médicas e jurídicas da inclusão de atletas transexuais. Para tanto, o debate contará com a presença de atletas e profissionais da área, que apresentarão pontos de vistas distintos para o debate.

“A ideia surgiu com alguns membros do IMDD, que viram a necessidade de debater temas modernos e atuais do direito desportivo, especialmente os que envolvem ideologia de gêneros, inserção social e, ao mesmo tempo, paridade de condição de competição e qualidade de eventos esportivos”, explica Gustavo Lopes Pires de Souza, presidente do IMDD.

Segundo Gustavo, a ideia do evento é criar um espaço de debate para que a sociedade caminhe em busca de uma solução plausível e livre de preconceitos.

“A grande intenção do evento é promover um debate apresentando os prós e os contras. Vamos entender as teses de quem entende que os transexuais devem ser inseridos no desporto de transição de gênero e não na modalidade de gênero biológico. Diante de todo esse debate, queremos que a sociedade tire conclusões em busca de uma solução técnica e científica, despida de preconceitos”, completa.

Apoiado pelo América, o evento acontecerá das 19h às 22h30, no auditório da Sede Administrativa do Clube, localizada no Piso G1 do Shopping Boulevard. Os ingressos podem ser adquiridos neste link e custam entre R$ 5 e R$ 15.

Confira abaixo a lista dos participantes confirmados:

Dr. Fernando Hess C. Melo
Médico especialista em Esporte e Exercício pela Universidade Federal de São Paulo e pela Sociedade Brasileira de Exercício e Esporte.

Gisella Lima
Assessora Técnica da Coordenadoria Especial de Políticas de Diversidade Sexual – CODS da Secretaria de Estado de Direitos Humanos.

Amanda Rodrigues
Atleta amadora de vôlei.

Dr. Gustavo Lopes Pires de Souza
Mestre em Direito Desportivo na Universidade de Lérida, na Espanha.

Dr. Thomaz Sousa Lima Mattos De Paiva
Advogado especialista em Dopagem no Esporte.

Ana Paula Henkel
(Participação gravada – não presencial)
Atleta Profissional de vôlei e medalhista olímpica.

Bárbara Fonseca
Coordenadora do Futebol Feminino da equipe profissional do América-MG.

Danielle Maiolini
Advogada especializada em Direito Desportivo.

Bárbara Gonçalves Mendes
Doutoranda em Psicologia Social pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.

Vanessa Sander
Mestre em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP.

Acesse e leia nossos “Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol” 20142015 e 2016, com os casos de preconceito e discriminação no esporte brasileiro aqui.

Fonte: América Mineiro

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *