Acusado de bullying e racismo, ex-atacante da Inglaterra deixa cargo no Newcastle

técnico Peter Beardsley (foto reprodução)

O técnico Peter Beardsley deixou nesta terça-feira o comando do time sub-23 do Newcastle. Ex-atacante da seleção inglesa, pela qual disputou as Copas do Mundo de 1986 e 1990, ele está sendo investigado após ter sido acusado de envolvimento em casos de bullying e racismo.

Beardsley participou na última segunda-feira de uma reunião na qual foi questionado sobre as alegações. Foi neste encontro que ficou definida sua saída. Os responsáveis pelas acusações ainda apresentarão suas evidências à diretoria do Newcastle ao longo da semana.

O time inglês informou nesta terça que, após o encontro com Beardsley, foi decidido que “ele vai ficar um período afastado do futebol, que começa imediatamente, enquanto o clube conduz a investigação”.

Beardsley marcou época como atacante do Newcastle em duas passagens – entre 1983 e 1987 e entre 1993 e 1997 -, nas quais marcou 119 gols em 326 partidas. Foram também dez anos defendendo as cores da seleção inglesa – entre 1986 e 1996 -, pela qual atuou em 59 oportunidades e marcou nove gols.

Acesse e leia nossos “Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol” 20142015 e 2016, com os casos de preconceito e discriminação no esporte brasileiro aqui

Fonte: R7

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *