Atlético-PR planeja representação na Conmebol contra Capiatá por racismo

Presidente do Atlético-PR, Luiz Sallim Emed lamenta xingamentos da torcida do Dep. Capiatá a Carlos Alberto

Bastia perde um ponto no Campeonato Francês por insultos racistas a Balotelli

Torcedores gritavam “macaco” cada vez que italiano tocava na bola durante partida.

Técnico do Atlético-PR lamenta racismo no Paraguai

Alvo da torcida do Deportivo Capiatá, meio-campo Carlos Alberto foi tirar satisfação.

Atlético-PR reclama de insultos raciais da torcida após vitória contra Capiatá-PAR

Carlos Alberto e Nikão foram os alvos dos torcedores paraguaios.

Após classificação do Atlético-PR, Carlos Alberto alega racismo e peita torcida

"Infelizmente, tem que lidar com uma situação dessas, chamar os outros de macaco".

Técnico de brasileiro vítima de racismo se explica após declaração polêmica

"Everton não deveria ter reagido, mas algo o fez reagir, não?"

Nike pede igualdade também fora das quatro linhas em poderosa nova campanha

Com comercial protagonizado por LeBron James, marca celebra o mês da Consciência Negra nos Estados Unidos.

Dirigente ofende jogador alvo de racismo: “Volte ao Brasil com seu dedo escuro”

Jelena Polic, vice-presidente do Rad Belgrado, defendeu seus torcedores que ofenderam brasileiro.

Nike desafia preconceitos com belo comercial sobre atletas muçulmanas

Mulheres respondem a inevitável questão: “O que eles vão pensar sobre você?”

Técnico diz que brasileiro vítima de racismo na Sérvia não deveria ter reagido e pede punição a seu próprio jogador

Segundo Nikolic, Everton não devia ter reagido após ser chamado de "negro estúpido".

Alexi Smertin ex-jogador do Chelsea vai investigar racismo na Rússia

Alexei Smertin está encarregado do caso.

Após racismo contra brasileiro, estádio de time sérvio é fechado pela Federação

O fechamento do estádio foi determinado pelo diretor do Campeonato Vladimir Bulatovic.

Partizan presta solidariedade a jogador brasileiro vítima de racismo

O clube sérvio Partizan Belgrado condenou energeticamente os atos racistas contra sua estrela brasileira Everton Luiz.

Maza, o guineense do Madureira, conta trajetória que o fez chegar ao clube

Refugiado da Guiné que chegou ao Brasil "sem querer" virou jogador profissional.